Atvos


» Newsletter

» Tempo

» Opiniões


Sugar & Ethanol:

Atvos é destaque em evento internacional.


10/05/2018 às 08:47
Marcelo Mancini, vice-presidente Comercial da Atvos

O Brasil tem condição de atenuar o superavit global de açúcar dessa safra global por conta do seu grande mercado de etanol, concluiu Marcelo Mancini, vice-presidente Comercial da Atvos, em sua palestra no ISO Datagro Sugar & Ethanol, realizado ontem em Nova Iorque. Segundo ele, aliado à alta flexibilidade de produção e dos diferenciais competitivos criados pelo setor sucroenergético ao longo dos anos, o Brasil é o único país no mundo com veículos flex fuel e mistura de 27% de anidro.  

 

“A vantagem competitiva que temos em relação a outros países produtores de açúcar é muito grande. Nossas unidades agroindustriais têm grande flexibilidade de produção, podendo alterar o mix entre açúcar e etanol, adequando-se às necessidades do mercado e maximizando a rentabilidade do setor. No entanto, o grande volume de produção em países com altos subsídios está alterando o cenário de competitividade”, explica o executivo.

 

Durante o evento, que reúne as principais lideranças mundiais do setor, Mancini destacou que as indústrias brasileiras estão constantemente em busca de tecnologias que proporcionem maior eficiência e produtividade. “A Atvos é um bom exemplo disso. Em apenas 10 anos de atuação, a empresa evoluiu seus indicadores operacionais de forma consistente e, hoje, está pronta para um novo boom do setor de bioenergia no Brasil”.

 

A Atvos possui nove unidades agroindustriais, localizadas em quatro estados brasileiros, responsáveis pela geração de 11 mil empregos diretos e mais de 40 mil indiretos. A empresa tem capacidade de produzir 3 bilhões de litros de etanol e 700 mil toneladas de açúcar, além de cogerar 3,1 mil GWh de energia elétrica limpa.

 



» Comentários

Etanolhotel 10